TAT TVAM ASI

digitalizar0047
MACRANTHROPOS – O Grande Homem
 
Já diziam os antigos:
Tudo o que está aqui, está lá também.
A maquete como representação não disto ou daquilo, de um prédio, quarto ou bosque, mas sim da totalidade, dos elementos básicos e mínimos que constituem toda existência.
O homem como pequena amostra de um algo desconhecido.
O líquido cristalino escorreu da Serra da Baitaca, dos pés do Anhangava.
A terra-mãe, das altitudes de São Luís do Purunã e das entranhas cívicas da capital.
O óleo representa o fogo e o fogo vem de Prometeu, amigo dos homens.
O ar, suspenso, mais leve que os outros elementos, transcende os limites da maquete e costura as conexões entre o Grande e os Pequenos Homens.
Tudo o que está lá, está aqui também.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: